Blog

Ensinar sem trauma

Ensinar a nadar com segurança e sem trauma é o lema da Metodologia de ensino Safer in Water.

Esta metodologia não se trata de um método de sobrevivência aquática, onde os objetivos são atingidos através de práticas repetitivas, para a aprendizagem de uma habilidade específica que coloca a criança em segurança e com estratégias iguais para todos os alunos.

O método SIW visa a aprendizagem da natação associada a condutas de segurança no meio aquático, desde bebés até à altura em que é capaz de aprender as técnicas de natação, tendo em conta o desenvolvimento de cada criança e a etapa em que se encontra. Dentro da mesma etapa existem diferentes estádios de desenvolvimento, havendo a necessidade de adaptação das estratégias a cada criança para atingir o mesmo objetivo.

Consideramos que a segurança aquática não se pode resumir à aprendizagem de uma habilidade específica de flutuação. Há necessidade de uma aprendizagem muito mais abrangente que vai desde a prevenção, passando pela ação e a reação em último caso. E se falamos de afogamento nenhuma estratégia será mais eficaz para o evitar do que a prevenção.

Por esta razão, quando desenvolvemos este método criamos a abordagem estratégica em 3 áreas da segurança aquática, que são elas o SAVING, SWIMMING E SKILLS.

Estas áreas resumidamente, significam que a criança desde bebé aprende a gostar e a respeitar a água, reconhecendo através de atividades lúdicas as suas capacidades e limites bem como habilidades que a possam colocar em segurança perante diferentes situações.

Desta forma, ao mesmo tempo que aprende a nadar reconhece a utilidade de cada aprendizagem na resposta a uma situação que surge inesperadamente.

Neste método, não basta agir! É necessário que a criança avalie e execute o que melhor consegue fazer para se colocar em segurança.

Por isso, quando testamos esta metodologia, perante a mesma situação verificamos que as crianças respondiam de forma diferente, realizando habilidades distintas para se colocarem em segurança.

O que demonstra que agem em conformidade com a compreensão da situação e a capacidade motora que têm e não com padrões implementados.

São estes padrões e a persistente estratégia utilizada que pode levar a traumas na aprendizagem da natação.

Não escolha para o seu filho, um método de sobrevivência a pensar no seu bem estar! Escolha um ensino sem traumas e que defenda a importância de um desenvolvimento completo e harmonioso mesmo que para isso dependa da sua constante supervisão!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *